398 municípios aderem à primeira grande ação de cooperação pedagógica da Secretaria da Educação: a Prova Paraná
20/02/2019 - 09:23

A Secretaria da Educação do Paraná realiza nessa quarta-feira (20), no Teatro Guaíra, o Seminário de Cooperação Pedagógica com Municípios, evento organizado para marcar o início de uma série de ações de apoio pedagógico aos municípios do Paraná. Durante o seminário será lançada a Prova Paraná, primeira grande ação desenvolvida pelo Núcleo de Cooperação Pedagógica da Superintendência da Educação e que alcançou a adesão de 398 municípios.

O objetivo do Núcleo de Cooperação Pedagógica é fortalecer o regime de colaboração entre a SEED e os municípios por meio de ações que contribuam para o crescimento da qualidade da educação infantil e promovam o avanço a aprendizagem nos anos iniciais do ensino fundamental.

PROVA PARANÁ – A primeira grande ação do Núcleo em parceria com os municípios é a Prova Paraná: Avaliação Diagnóstica Bimestral. A Prova Paraná será realizada sempre no início do bimestre e tem a função de fornecer informações sobre os conhecimentos, habilidades e competências dos estudantes, a fim de auxiliar os professores e pedagogos na organização dos processos de ensino e aprendizagem.

A ideia é que, após a correção dos testes, os professores e demais profissionais da Educação tenham informações mais aprofundadas sobre as dificuldades dos alunos, de modo a conseguir desenvolver estratégias pedagógicas e de ensino mais adequadas para ajuda-los a superar tais dificuldades.

APLICAÇÃO – A primeira Prova Paraná será aplicada no dia 13 de março para os alunos do quinto ano do Ensino Fundamental (dentro do acordo de cooperação com os municípios), do sexto e nono anos do Ensino Fundamental (já no âmbito da rede estadual de educação) e do primeiro e terceiro anos do Ensino Médio. A avaliação terá 40 questões, sendo 20 de Língua Portuguesa e 20 de Matemática.

O Governo do Paraná irá disponibilizar às escolas o caderno de prova e o aplicativo para correção digital e instantânea. O aplicativo também irá gerar relatórios com os resultados, facilitando a análise posterior por parte dos professores. Com esse recurso, a correção das provas de cada turma deverá levar cerca de 10 minutos.

As próximas provas serão aplicadas em junho e setembro, em dias a serem definidos.

MOTIVAÇÕES – A aplicação da Prova Paraná permitirá a coleta de informações sobre as habilidades e as dificuldades de cada aluno. As ferramentas disponibilizadas para correção e geração de relatórios possibilitará não apenas a redução do trabalho manual dos docentes, como fornecerá subsídios para a elaboração de ações eficazes para o aprendizado.